Aulas De Violão Pra Principiantes Utilizando A Internet

24 Mar 2019 01:20
Tags

Back to list of posts

<h1>Voz, Viol&atilde;o E Cora&ccedil;&atilde;o</h1>

<p>A noite n&atilde;o poderia ser mais apropriada pra Marcelo Camelo, em S&atilde;o Paulo. Passava das 21h no momento em que ele subiu ao palco, constru&iacute;do com uma cadeira vitoriana, 2 amplificadores e um banco de madeira, reservado ao rabequista Thomas Rohrer, que se juntaria em seguida &agrave; exposi&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Muito aplaudido, Camelo come&ccedil;ou a m&uacute;sica nova, de um dedilhado suave e letra obviamente dedicada &agrave; namorada, a tamb&eacute;m cantora Mallu Magalh&atilde;es, presente na plateia. Com a alega&ccedil;&atilde;o de que tocaria can&ccedil;&otilde;es de sua autoria cedidas a outros artistas, Camelo seguiu com &quot;2 Em Um&quot;, gravada em meados da d&eacute;cada passada por Milena Monteiro.</p>

<p>Todavia, como n&atilde;o poderia deixar de ser, foi com o repert&oacute;rio do Los Hermanos que o p&uacute;blico se animou. Bloco do Eu Sozinho (2001), foi cantada timidamente por uma plateia que, h&aacute; de se levar em conta, estava com a afina&ccedil;&atilde;o em dia.</p>

<p>Camelo, depois da recep&ccedil;&atilde;o entusiasmada. A entrada de Thomas Rohrer se deu em &quot;Janta&quot;, no momento em que pedidos t&iacute;midos de &quot;Vai l&aacute;, Mallu&quot; vieram da plateia, que n&atilde;o se importou muito de n&atilde;o ter seu desejo atendida. A noite era apenas e para Camelo, que revisitou &quot;2 Barcos&quot;, &quot;Fez-se Mar&quot; e &quot;Porque &Eacute;&quot;, todas de 4 (disco de 2005 do Los Hermanos), em vers&otilde;es ainda mais sentimentais e emotivas.</p>

<p>Ao fim do &quot;pout-pourri&quot;, era inaceit&aacute;vel n&atilde;o ouvir alguns solu&ccedil;os em torno do Audit&oacute;rio. Com &quot;Guria Bordada&quot;, o show adquiriu novo &acirc;nimo, com correto a palmas acompanhando a can&ccedil;&atilde;o. O destaque ficou para Rorher, que contou intimidade com a rabeca e roubou a cena em sua &uacute;ltima m&uacute;sica, antes de retornar para o bis. H&aacute; 40 Anos Morria Nick Drake, O Homem Mais Triste Da M&uacute;sica , foram as respons&aacute;veis por reduzir o ritmo.</p>

<p>Logo ap&oacute;s, foi a vez dele mesmo solicitar um favor: &quot;Eu queria tal ouvir voc&ecirc;s cantarem essa&quot;, falou, durante &quot;Cara Valente&quot;. Editora Argentina Lan&ccedil;a Cole&ccedil;&atilde;o De Livros Antiprincesas o nervosismo da primeira m&uacute;sica, Camelo argumentou ao p&uacute;blico que amaria de tocar outra vez &quot;Luzes da Cidade&quot;. Dessa vez, como &eacute; de h&aacute;bito em shows de tua carreira solo e no Los Hermanos, o p&uacute;blico prontamente arranhava alguns versos pr&oacute;ximo com o cantor. Parecia o final da apresenta&ccedil;&atilde;o quando o hermano se levantou e foi aplaudido de p&eacute;, por em torno de 3 minutos.</p>

<ol>

<li>Vinte e oito de Mar&ccedil;o de 2014 &agrave;s 06:04</li>

<li>N&atilde;o vem com fone de ouvido e cabo de dados</li>

<li>Jornal das Dez</li>

<li>Pizzicato - quando se beliscam as cordas com os dedos sem utilizar o arco</li>

</ol>

musica_eletronica_-_maxim_blinkov_shutterstock.jpg

<p>N&atilde;o tardou e Camelo retornou, acompanhado de Rohrer, para tocar mais duas m&uacute;sicas. Los Hermanos, neste momento prenunciava o t&eacute;rmino da exibi&ccedil;&atilde;o. Entretanto foi com &quot;Autonomia&quot;, de teu disco solo de estreia → Como Aprender A Tocar Viol&atilde;o Passo A Passo (2008), que ele acababou a apresenta&ccedil;&atilde;o. Aplaudido de p&eacute; mais uma vez, o hermano descreveu que &eacute; o mais pr&oacute;ximo de um Chico Buarque - pelo menos em termos de idolatria do p&uacute;blico - que existe na cria&ccedil;&atilde;o atual da m&uacute;sica brasileira.</p>

<p>Li (todavia finalizei nem falando) sobre o depoimento de escritoras negras que se sentiram estranhas ao Reese, Gustav. Music In The Renaissance edi&ccedil;&otilde;es anteriores da Flip. Era uma feira liter&aacute;ria branca numa cidade elitista e excludente. Os poucos pretos se sentiam espiados pelas ruas, observados com menosprezo.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License